PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
12/06/2018 10h39

Proposta de Roger Guedes supera em seis vezes seu atual salário no Galo

Gazeta Esportiva


Roger Guedes é um dos destaques do Campeonato Brasileiro (foto: Bruno Cantini / Atlético)

O atacante Roger Guedes assumiu após os últimos jogos que tem propostas para deixar o Atlético em breve. Segundo o jogador, dois clubes estão interessados em seu futebol e as propostas de ganhos mensais mexeu com o jogador.

A Gazeta Esportiva apurou que a oferta do Shakhtar para contar com o atleta é seis vezes mais o que o jogador ganha atualmente jogando pelo Galo. Os valores para ter Roger Guedes chegam a R$1,5 milhão mensais.

Se a proposta para satisfazer os desejos de Guedes já está com os procuradores do jogador, a outra parte envolvida, o Palmeiras, também já tem em sua mesa os valores para liberar o atleta. A reportagem apurou que o clube da Ucrânia ofereceu 6 milhões de euros (R$26,6 milhões). Vale ressaltar, no entanto, que o Verdão não tem grandes preocupações com a questão financeira e, diante disso, deixou a decisão para o jogador e seus agentes.

Pelo contrato, o Galo pode igualar a proposta. No entanto, alcançar os valores salariais é o grande problema para a diretoria alvinegra. O clube pode conseguir um investidor – sobretudo considerando que é um atleta jovem e com grande destaque no futebol nacional -, porém, dificilmente conseguiria agradar o jogador. Caso não consiga, o Galo, pelo valor citado acima, receberia 10% por uma taxa de vitrine.

Linhas de pensamento dentro do Atlético já admitem a possibilidade clara de perder o atleta. Em rápida conversa por telefone, uma fonte confirmou que o clube sabe da grande possibilidade e reconhece ser difícil igualar a situação.

Roger Guedes chegou ao Galo em janeiro de 2018 para contrato de empréstimo até dezembro. No negócio, Marcos Rocha foi para o Verdão. Guedes viveu um momento de grande instabilidade dentro do clube alvinegro: ao errar um passe, na estreia do Brasileirão, o jogador foi bastante criticado e, por pouco, não foi devolvido ao Palmeiras. Ele contou com apoio do elenco atleticano, com as lideranças de Leonardo Silva, Ricardo Oliveira, Victor e Fábio Santos para conselhos e ajuda junto a diretoria.

De dispensável e quase devolvido, Guedes ouviu dos torcedores do Atlético, após a vitória sobre o Fluminense, o grande pedido para seguir no clube: “Fica, Roger Guedes. Fica, Roger Guedes”. O jogador não respondeu e deixou a situação “nas mãos de Deus”, ressaltando, porém, que está feliz no Atlético. No jogo contra o Tricolor, Guedes marcou dois gols – o segundo muito bonito – e até os companheiros, nas entrevistas após o jogo, pediram sua permanência.




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE