PUBLICIDADE

Proerd forma 186 alunos em Caarapó

| ASSESSORIA/DILERMANO ALVES


Salão de eventos da Apae de Caarapó ficou tomado por formandos, pais e convidados que compareceram à solenidade de formatura do Proerd 2024. Foto: Divulgação

Em solenidade realizada na noite da última sexta-feira (21), no salão de evento da Apae, em Caarapó, o Programa Educacional de Resistência às Drogas e Violência (Proerd) promoveu a formatura de 186 alunos da rede municipal de ensino, tratando-se de parceria entre a prefeitura municipal e a Polícia Militar. Os estudantes formandos integram sete turmas de quinto ano das escolas municipais Cândido Lemes dos Santos, Professor Moacir Franco de Carvalho e Rui Barbosa.

O Proerd, de caráter preventivo, tem como origem um programa criado pela Polícia de Los Angeles (EUA), com estudos feitos por pedagogos, psicólogos e policiais, denominado DARE (Drug Abuse Resistence Education), cujo objetivo é propiciar o envolvimento da escola, da família e da Polícia Militar na questão do uso indevido de drogas e da violência pelas crianças do ensino fundamental, tendo sido adaptado para a realidade brasileira. É ministrado exclusivamente por policiais militares, que são rigorosamente selecionados e capacitados com o curso de formação de instrutor, preparados para trabalhar com crianças da pré-escola e anos iniciais do 1° ao 4º ano; crianças do 5º e 7º ano do ensino fundamental e Proerd para Pais.

Mato Grosso do Sul foi o 3º Estado a implantar o Programa no Brasil. Este ano, o Proerd completa 26 anos de atividades de prevenção, desenvolvidas em escolas da rede pública municipal e estadual, bem como em escolas da rede particular de ensino, já tendo atendido mais de 300 mil pessoas em todo o Estado.

Os conhecimentos sobre os danos do uso e abuso das drogas e formas de evitá-las são transmitidos aos alunos através de lições com a utilização de um Livro do Estudante Proerd e Cartazes, aplicando-se uma aula semanal por turma, com a utilização de recursos didáticos como vídeos, dramatizações, jograis, canções, brincadeiras e outros.

Além de manter as crianças longe das drogas, com o Proerd, a corporação da PM tem a possibilidade de fazer a aproximação do policial militar com a comunidade, já que ele trabalha fardado com os alunos em sala de aula, na presença do professor, fazendo com que haja melhor interação entre a PM, a escola e toda a sociedade.

O instrutor do Proerd em Caarapó foi o Cabo PM Alessandro Martins.

No fim do evento, os alunos receberam certificados de conclusão do curso, estando aptos a compartilhar o aprendizado relativo ao Proerd. Além disso, foram apresentadas as melhores redações, no total de três, sendo destacados, pela Escola Municipal Cândido Lemes dos Santos - 1º lugar: Isabelly Oliveira dos Santos – 5º ano C; 2º lugar: Gabriel Duarte da Silva – 5º ano B; e 3º lugar: Stefany da Silva Holsbach – 5º ano A.

Escola Municipal Professor Moacir Franco de Carvalho - 1º lugar: Yasmim Cristina Maurício Garcia – 5º ano B; 2º lugar: Yasmim Ifran Batista – 5º ano A; e 3º lugar: João Marcos Lima Acunha – 5º ano A.

Escola Municipal Rui Barbosa - 1º lugar: Mariana Alves Prado – 5º ano A; 2º lugar: Melissa Alves Prado – 5º ano A; e 3º lugar: Izabelly Figueredo da Silva – 5º ano A.

Os primeiros colocados receberam uma bicicleta como prêmio, enquanto os demais foram agraciados com uma miniatura do Leão do Proerd.

A formatura do Proerd em Caarapó foi acompanhada pelas principais autoridades municipais, a exemplo do prefeito André Nezzi e primeira dama Paula Luísa; vice-prefeito Gordo da Tigre; comandante da 2ª Companhia Independente da Polícia Militar, Major QOPM Matheus Mychel Custódio Taniguchi; presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Gilberto Segóvia; coordenador Técnico do Proerd, Subtenente Rudi Barcelos, que representou o coordenador estadual do Proerd, Coronel Alexandre Rosa Ferreira; Secretária Municipal de Educação, Esporte e Cultura: Ieda Maria Marran; padrinho do Proerd 2024, vereador Clenilson Francisco da Silva, o Nilsinho; vereadores Dr. Baena, Pipoca e Marinalva Farias; secretários municipais, diretores escolares, professores e coordenadores e pais de alunos.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE