PUBLICIDADE

Consulta pública sobre mapeamento geológico no país vai contemplar MS

As contribuições irão auxiliar na decisão de prioridades sobre áreas a serem mapeadas, garantindo um maior impacto para a exploração e a pesquisa mineral

| LUCAS MAMéDIO/CAMPO GRANDE NEWS


Pesquisadora trabalhando em estudo de minério (Foto: SGB/ Divulgação)

A Serviço Geológico do Brasil (SGB) abriu a consulta pública para mapeamento geológico básico nacional, proposta pelo. A Portaria Normativa nº 72/2024, que trata sobre o assunto, foi publicada na edição do dia 13 de março do Diário Oficial da União.

A ação integra o Plano Decenal de Mapeamento Geológico Básico (PlanGeo) e tem como objetivo receber as propostas do setor mineral e da sociedade civil para a identificação do potencial mineral no país.

As contribuições irão auxiliar na decisão de prioridades sobre áreas a serem mapeadas, garantindo um maior impacto para a exploração e a pesquisa mineral. O planejamento e a execução do PlanGeo são conduzidos pelo SGB e incluem a identificação e priorização de áreas estratégicas para mapeamento geológico sistemático, considerando um ciclo de 10 anos.

Essas atividades devem seguir princípios de governança, como previsibilidade, transparência, participação social, geração de conhecimento para o desenvolvimento nacional e adesão às estratégias de planos setoriais nacionais.

É possível participar da consulta pública até o dia 15 de junho. As contribuições devem ser feitas a partir do site do SGB. 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE