PUBLICIDADE

Após demissão, dupla mata proprietário rural em MS e vai presa durante a fuga

Com eles estavam a carteira, uma lâmina de cheque preenchida e um relógio do proprietário da fazenda

| REDAçãO/ CAARAPó NEWS


Policiais militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) prenderam, na noite deste domingo (25), dois homens logo após cometerem um crime de latrocínio em uma propriedade rural no município de Corumbá.

Os militares receberam a informação de que a dupla estaria em fuga na camionete da vítima, uma Chevrolet/S10 LTZ preta e que seguiam possivelmente para Bodoquena ou Miranda. As equipes do DOF rapidamente se posicionaram nas rodovias e estradas vicinais da região até visualizarem o veículo, em alta velocidade, na MS-243 que dá acesso à rodovia BR-262, já no município de Miranda.

Mesmo com a utilização dos sinais sonoros e luminosos, o condutor de 25 anos desobedeceu e tentou fugir, mas ele e o passageiro (35) foram alcançados e abordados. Questionados sobre o motivo da fuga e a procedência do veículo disseram que trabalhavam em uma fazenda; pelo fato de terem sido demitidos retornaram à propriedade rural, cometeram o crime e fugiram levando a camionete e alguns pertences pessoais da vítima, que não resistiu aos ferimentos de arma branca.

Com eles estavam a carteira, uma lâmina de cheque preenchida e um relógio do proprietário da fazenda. A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia da Polícia Civil em Miranda. O prejuízo material ao crime foi estimado em R$ 93,4 mil.

A ação envolvendo os policiais do DOF aconteceu dentro do Programa Protetor das Fronteiras e Divisas, parceria da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) com o MJ (Ministério da Justiça e Segurança Pública) e da Operação Ágata Fronteira Oeste II, em parceria com o Exército Brasileiro.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE