PUBLICIDADE

Morre sengunda vítima de acidente entre caminhão e ônibus em Maracaju

O condutor do caminhão Munck, Brendo Santos do Nascimento, de 25 anos, faleceu na noite de quinta-feira (22), após ser levado para o hospital em Maracaju

| POR VIVIANE OLIVEIRA/CAMPO GRANDE NEWS


Bombeiros durante o resgate das vítimas (Foto: repdroução / Tudo do MS)

O motorista Emiliano Benites, de 50 anos, morreu na noite desta sexta-feira (23), no Hospital Regional de Ponta Porã. Ele é a segunda vítima do acidente entre um ônibus de transporte de trabalhadores rurais e um caminhão, na noite anterior, em uma estrada vicinal no distrito de Vista Alegre, em Maracaju.

Segundo o site Maracaju Speed, Emiliano que dirigia o ônibus, havia sofrido ferimentos nas duas pernas, nos braços e traumatismo de tórax. Ele foi retirado das ferragens e levado para o Hospital Municipal de Antônio João e, após estabilizado, transferido para Ponta Porã, onde morreu.

O condutor do caminhão Munck, Brendo Santos do Nascimento, de 25 anos, faleceu na noite de quinta-feira (22), após ser levado para o hospital em Maracaju. Trabalhador que acompanhava Brendo e seguia de carona no caminhão continua internado em estado grave. Emiliano Benites deixa três filhos.

Acidente - Conforme boletim de ocorrência, Brendo dirigia caminhão munck por uma estrada rural, entre Maracaju e Ponta Porã, e estava acompanhado de um passageiro, na noite desta quinta-feira (22). Ele tentou ultrapassar outro caminhão e por conta da poeira alta na estrada, não viu o ônibus, quando colidiu de frente.

O ônibus seguia para a sede da fazenda para buscar os trabalhadores. Os veículos tiveram a parte da frente totalmente destruídas pelo impacto da batida. Brendo foi levado ao hospital de Maracaju, mas morreu no trajeto, conforme o registrou policial. O passageiro do munck também ficou ferido, mas não há informações sobre o estado de saúde dele. 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE