PUBLICIDADE

Casal morre em acidente no anel rodoviário da BR-163 e corpos ficam presos nas ferragens

O casal seguia sentido Campo Grande, quando houve a colisão envolvendo o bitrem de uma empresa de transporte de Corumbá, que trafegava sentido São Paulo

| POR VIVIANE OLIVEIRA E IDAICY SOLANO/CAMPO GRANDE NEWS


Funcionários da CCR MSVia tirando os corpos das ferragens (Foto: Paulo Francis)

Casal ainda não identificado morreu na manhã deste sábado (24) em acidente com o Honda City que ocupava e carreta bitrem, no anel rodoviário da BR-163, em frente a um posto de combustíveis em Campo Grande. Os corpos da vítima ficaram presos nas ferragens e foram retirados pelos socorristas da CCR MSVia, concessionária que administra a rodovia.

Conforme apurado pela reportagem, o casal seguia sentido Campo Grande, quando houve a colisão envolvendo o bitrem de uma empresa de transporte de Corumbá, que trafegava sentido São Paulo. O motorista de 67 anos contou à polícia que saia do posto de combustíveis, quando sentiu uma batida forte na traseira da carreta e decidiu parar um pouco mais à frente para verificar o que havia acontecido.

O casal morreu no local do acidente. O carro de passeio ficou totalmente destruído. Por causa da colisão, o trânsito ficou lento no trecho com meia pista interditada. Equipamento chamado de desencarcerador foi usado pelos socorristas da concessionária para cortar a lataria do automóvel e tirar as vítimas das ferragens.

O caso será registrado como homicídio culposo, quando não tem intensão de matar, e omissão de socorro, porque, segundo o delegado Felipe Paiva, o motorista não acionou o socorro de imediato. A Polícia Civil e Perícia Técnica fizeram os primeiros levantamentos no local do acidente. O motorista da carreta foi levado à delegacia para prestar esclarecimentos. 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE