PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
06/12/2018 06h39 - Atualizado em 06/12/2018 11h55

Tatuador paraguaio de 40 anos é executado no 2º atentado da tarde na fronteira

Dourados News


Nicanor em seu estúdio de tatuagem em Ponta Porã. (Foto: BrasiguaioNews)

O tatuador paraguaio Nicolas Garay Ovelar, de 40 anos, foi morto a tiros por volta das 18h30, desta quarta-feira, dia 05 de dezembro, em mais um atentado ocorrido em Ponta Porã, cidade localizada na região de fronteira com o Paraguai.

A vitima que também era conhecido como Nico, foi morto em frente ao estabelecimento dele, localizado na esquina das ruas Marechal floriano com a Baltazar Saldanha.

A polícia esteve no local da execução, mas ainda não há detalhes sobre as circunstâncias do assassinato ou a quantidade de criminosos envolvidos, segundo o site Ponta Porã Informa. .

Violência

Nicolas foi morto cerca de 8 horas depois de Wanderley Almeida, que também foi assassinato, esta tarde em frente a uma tornearia, localizada na rua Antônia Capilé, em Ponta Porã. Ninguém foi preso.





PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE