PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
09/10/2018 09h28 - Atualizado em 09/10/2018 10h41

PSD de Marquinhos e Fabio Trad anuncia apoio a Jair Bolsonaro para o 2º turno

O comunicado foi realizado nesta segunda-feira

Fátima News


Foto: Geisy Garnes

O PSD de Mato Grosso do Sul anunciou apoio ao candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno. O partido conta com Marquinhos Trad, prefeito da Capital, e o deputado federal eleito Fabio Trad.

Um comunicado foi realizado na tarde desta segunda-feira (8) no diretório do partido em Campo Grande. A decisão foi tomada em conjunto com o diretório nacional, que também apoia Bolsonaro.

Marquinhos justificou a medida em escolher Bolsonaro e preterir Fernando Haddad (PT). “As ideias dele [Bolsonaro] são as que mais se aproximam das ideias programáticas do PSD, de um país sem corrupção e acima de tudo de quem a segurança política ou administrativa dos homens corretos da vida pública”, disse.

Ao Campo Grande News, em relação ao segundo turno no Estado, Marquinhos disse que o partido continuará apoiando a candidatura do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

O presidente do PSD, Antônio Lacerda, reforçou que o partido se fortalecer durante as eleições. Ele diz que a Capital detém 35% do colégio eleitoral do Estadual e que as decisões tomadas em Campo Grande irão se refletir no interior. “O interior ouve a Capital”, disse Lacerda.

O dirigente destacou a vitória de Fabio Trad para deputado federal e também o retorno de Londres Machado para a Assembleia Legislativa, além de ter o vereador Chiquinho Telles como suplente.

Fabio Trad disse que apoia as ideias do candidato do PSL e o Estado “terá um solado para servir esta causa sustentável nacionalmente para Jair Bolsonaro”. “Farei o possível como deputado para ajudar a cumprir as ideias do governo apresentadas no primeiro turno”.

Também destacou que Bolsonaro demonstra categoricamente não tolerar corrupção. “É o que encarna de forma mais cristalina a sua indignação”, completou.

O anúncio contou ainda com a presença de Iara Diniz, mulher do deputado estadual eleito Renan Contar, e de Danny Fabricio, suplente da senadora eleita Soraya Thronicke, ambos do PSL. Os dois acompanharam as declarações, agradeceram o apoio. Também disseram que não estão apoiando nenhum dos candidatos para o segundo turno do Estado.




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE