PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
08/08/2018 07h36 - Atualizado em 08/08/2018 11h14

Produtor rural Antônio Biagi é assassinado e corpo encontrado em canavial próximo a MS 156

O caso está sendo dado como latrocínio

CaarapoNews


O produtor rural, Antônio Biagi. Foto: Arquivo familiar

Por volta das 18h desta terça-feira (7),  começou a circular nos grupos de WhatsApp em Caarapó, que o produtor rural Antônio Biagi Neto (65) se encontrava desaparecido. A filha Adriana Biagi dava conta que um índio havia roubado o veículo do pai e teria batido o mesmo próximo a uma empresa de auto peças.

 

Conforme informações postada pela Assecom do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), por determinação do senhor governador do estado, policiais da referida instituição efetuaram deslocamento para a cidade de Caarapó, afim de dar apoio a Policia Civil, em ocorrência de pessoa desaparecida, o qual o seu veículo tinha sido encontrado com um suspeito.

 

Duas equipes  foram acionadas e deslocaram em conjunto com a Polícia Civil local e começaram a fazer as buscas.

 

Sendo que após a realização das buscas,  a DOF localizou o corpo da vítima em um canavial na MS-156.

 

A Policia Civil em diligencias, conseguiu informações a respeito da suposta localização do desaparecimento e, em ação do delegado Dr. Anezio Rosa de Andrade, a equipe DOF efetuou buscas na plantação de cana da Usina Raizen, próximo a MS 156.

 

Após localizarem o corpo do sr Antônio Biagi, a equipe do DOF por meio da rede rádio da viatura policial, passou a situação para o Dr. Anezio que chegou ao local assumindo a ocorrência.

 

A ocorrência do DOF foi registrada como achado de cadáver por volta das 23h desta terça-feira.

 

O delegado Anezio informou para a redação do CaarapoNews, que o corpo do produtor rural Antônio Biagi havia sido encontrado sem vida e que todavia o autor do latrocínio já está preso.

 

 





PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE