PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
12/07/2018 14h35

Neto chama Roger de 'treinadorzinho' e diz que o Dudu se acha o Pelé

Torcedores.com


Fornecido por Goalmedia Tecnologia e Marketing Digital Ltda

O apresentador Neto, do “Os Donos da Bola”, da TV Bandeirantes, dedicou a primeira parte da edição do programa desta quarta-feira (11) para falar sobre a situação do Palmeiras e de alguns dos principais jogadores do clube, como o atacante Dudu, que recebeu duas propostas da China, mas teve sua saída barrada pela diretoria do Verdão.

O Dudu é um bom jogador, mas o palmeirense colocou ele como um dos maiores jogadores de todos os tempos, mais que Ademir da Guia. O Dudu vai para a casa do chapéu! Vai para a China se você quiser, o Palmeiras não precisa de você”, disse o apresentador. “Dudu que, por sinal, acha que é o Pelé”, disparou.

Ele queria para a China, aí veio o outro e disse ‘não, ele quer ficar’. É um esquema atrás de esquema. Por isso você vê a seleção brasileira desse jeito”, lamentou Neto.

Ao questionado sobre a situação do atacante para os convidados presentes no programa, o ex-zagueiro Batata, bicampeão brasileiro pelo Corinthians, avaliou. “O Dudu, a sorte do Palmeiras é que o Lucas Lima não está bem, se não a crise iria ser maior por causa do Dudu. Guerra de egos. E o Palmeiras vai ficar com o Dudu, jogador insatisfeito, é melhor vender. Já que ele não quer ficar, vai embora.”

Quando o jogador está insatisfeito e demonstra isso, acaba com o ambiente do grupo e prejudica todo mundo”, emendou o ex-zagueiro uruguaio Dario Pereyra, que passou pelo Palmeiras, mas fez história no São Paulo.

E tem também o craque, o maravilhoso, o melhor jogador de todos os tempo: Lucas Lima. Quem levou ele (para o Palmeiras)? O pai do Neymar. Sabe quantos gols tem o Lucas Lima em cinco anos? Um cara fazer 21 gols em cinco anos. Quatro gols por ano… aí eu tenho que pensar o que o Mbappé? Do Hazard?”, disparou Neto.

O problema do Palmeiras é que o Lucas Lima veio do Santos em baixa. Fez no máximo cinco jogos bons e já voltou a ser o Lucas Lima do Santos”, comentou o ex-zagueiro Batata. “Ganhando um milhão por mês, gente”, emendou o apresentador.

-- E o Borja? Piada. Guerra? Outra piada. Deyverson, R$ 18 milhões. Só aí são quase R$ 100 milhões - disparou Neto.

Aonde chega o Palmeiras com Guerra, Deyverson e esse Roger (Machado) que é um treinadorzinho e é pior que o Tite para falar a verdade?”, indagou o apresentador.

 

O Palmeiras contrata quantidade, e não qualidade, isso acaba atrapalhando o próprio treinador e o grupo. Para você ganhar, tem que ter um grupo de amizade e de compatibilidade”, completou Dario Pereyra.





PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE