PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
09/05/2018 09h33 - Atualizado em 09/05/2018 14h21

Preço da saca de soja com valor mais alto em MS em 2018 aconteceu em Caarapó

G! MS


Conjunto de fatores vêm influenciando para que saca da soja suba no mercado interno (Foto: Reprodução/TV Morena)

A saca de soja em Mato Grosso do Sul acumula no período de um ano uma alta de 29,28% no seu preço médio, que pulou dos R$ 57,24 no dia 2 de maio de 2017 para R$ 74 na mesma data de 2018, segundo dados da Granos Corretora, tabulados no boletim Casa Rural, pelo Departamento Técnico (Detec) do Sistema Famasul.

 

Segundo os dados, no dia 2 de maio do ano passado, a praça de Ponta Porã era a que melhor remunerava o sojicultor do estado, pagando pela saca R$ 58,50, enquanto que o menor valor era pago em Chapadão do Sul, R$ 55,75.

 

Em contrapartida, neste mesmo dia deste ano, o maior valor, R$ 75, era pago em Caarapó, Chapadão do Sul e Dourados, e o menor, R$ 72, em Ponta Porã.

 

No mais recente boletim do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (SIGA), da Associação dos Produtores de Soja do estado (Aprosoja/MS) e Sistema Famasul, os técnicos apontam que as cotações internas do grão estão sendo influenciadas pelos desdobramentos da crise comercial entre os Estados Unidos e a China e o impacto deste conflito comercial sobre a demanda de soja norte-americana.

 

Outro fator no “radar”, conforme o SIGA, é a aceleração no preço do dólar. Nesta terça-feira a moeda norte-americana estava sendo comercializada no brasil a R$ 3,568 (comercial). Somente no mês de abril, ela apresentou alta de 6%.

 

O SIGA destaca ainda, que se soma a esses fatores uma inquietação por parte dos produtores sobre para onde vai o preço do grão nos próximos meses, por isso, eles estão comercializando a safra aos poucos, sempre aproveitando as janelas de comercialização.

 

Até o dia 30 de abril, a Granos Corretora, aponta que 58,17% da safra de soja desta temporada no estado (2017/2018), já havia sido comercializada. Na comparação com o ciclo passado representa um avanço de 13 pontos percentuais.



                    



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE