PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
10/03/2018 07h54

Condutor que matou jovem atropelado paga fiança e vai responder em liberdade

Campo Grande News


Samuel de Oliveira Macedo, de 24 anos, já estava morto quando a polícia chegou ao local. (Foto: O Pantaneiro)

Geovani Rocha Mota, de 22 anos, pagou fiança de R$ 954,00 e vai responder em liberdade pela morte de Samuel de Oliveira Macedo, de 24 anos. O jovem dirigia embriagado uma camionete modelo Hilux que atropelou a vítima, na madrugada desta quinta-feira (08) pelo cruzamento da Rua Joaquim Nabuco com a Quintino Bocaiuva em Aquidauana, cidade a 135 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o site O Pantaneiro, durante audiência de custódia, ainda ontem, o juiz arbitrou fiança de um salário mínimo, que foi paga. Em seguida foi expedido o alvará de soltura. Ele vai responder em liberdade por homicídio culposo - quando não há intenção de matar - na direção de veículo automotor. À polícia, o condutor afirmou que seguia pelo cruzamento quando a vítima entrou na frente do veículo.

Em 2014, ainda aos 18 anos, Geovani também atingiu um motociclista pela cidade. Na ocasião, o motociclista seguia pela Rua Giovani Toscano de Brito, em uma moto Honda, quando sinalizou para virar à esquerda. O jovem que vinha atrás não percebeu a manobra e atingiu a moto, deixando a vítima com diversos ferimentos.

Atropelamento e morte – Conforme o boletim de ocorrência, uma ligação anônima teria informado que um homem teria tentado suicídio, batendo com uma camionete em um poste de luz. No local, no entanto, os policiais encontraram a camionete com a lateral amaçada e Samuel morto pela rua enquanto o condutor estava escondido junto de um amigo em um matagal na outra esquina da rua.

Geovani apresentava sinais visíveis de embriagues, forte odor etílico, dificuldades para falar, falta de coordenação motora e olhos avermelhados. Questionado pelos policiais, ele admitiu que havia bebido com seu amigo em uma conveniência.

 

A morte de Samuel foi confirmada por uma equipe do Corpo de Bombeiros. Peritos e agentes da Polícia de Trânsito também estiveram no local. Depois do acidente o corpo foi trazido para Campo Grande para exames necroscópicos, retornou à cidade ainda ontem (08) e foi velado durante esta sexta-feira (09). Às 10h30 ele foi enterrado no Cemitério Municipal de Aquidauana.




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE