PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

18/05/2017 07h29

Flamengo leva virada do San Lorenzo e dá adeus à Libertadores

Gazeta Esportiva


Flamengo sofreu a virada do San Lorenzo (Foto: Juan Mabromata/AFP)

O sonho de voltar a conquistar a Libertadores acabou para o Flamengo. A equipe rubro-negra foi eliminada da competição ao ser derrotada pelo San Lorenzo, de virada, por 2 a 1, em partida disputada na noite desta quarta-feira, no estádio Nuevo Gasometro, em Buenos Aires. Com isso, sobra ao time de Zé Ricardo a Copa Sul-Americana.

O time carioca encerrou a fase de grupos da Libertadores na terceira posição com nove pontos ganhos, sendo superado pelo próprio San Lorenzo e pelo Atlético-PR, que ficaram com as duas vagas do Grupo 4. O Flamengo saiu na frente com Rodinei, mas a equipe do Papa Francisco virou o marcador com gols de Angeleri e Belluschi.

O resultado acabou fazendo justiça ao melhor desempenho do San Lorenzo, que partiu para buscar a vitória desde os primeiros minutos. O Flamengo conseguiu sair na frente, mas recuou para defender o resultado e acabou sofrendo grande pressão durante todo o segundo tempo. Os argentino não desistiram e acabaram sendo premiados pelo esforço.

O jogo –  Os dois times começaram a partida com formações ofensivas. Logo aos três minutos, o Flamengo levou o primeiro susto. Após cruzamento de Ortigoza, Márcio Araújo tentou desviar para escanteio e assustou o goleiro Alex Muralha, pois a bola passou perto da trave do arqueiro da equipe carioca.

A resposta rubro-negra aconteceu aos seis minutos, quando Everton cruzou, Guerrero ajeitou de cabeça, mas ninguém chegou para concluir.

Aos dez minutos, em falta cobrada na entrada da área, Botta bateu e a bola passou bem perto da trave rubro-negra. O time argentino tentava empurrar o Flamengo para trás, mas o time carioca se defendia bem da pressão.

E o time brasileiro acabou marcando o primeiro gol, aos 14 minutos, com Rodinei. Após cobrança de escanteio, a zaga portenha rebateu mal e Rodinei bateu, de primeira, colocando a bola no canto direito de Navarro. Foi o terceiro gol seguido marcado pelo lateral direito.

Em desvantagem, o San Lorenzo partiu para o ataque, mas encontrava dificuldade para superar a marcação da equipe brasileira e acabava trocando passes sem objetividade.

Aos 28 minutos, o Flamengo chegou novamente. Rodinei cruzou para Guerrero, que dominou e chutou forte, mas o goleiro Navarro fez a defesa em dois tempos. A resposta argentina veio em lançamento longo para Ramiro, mas Muralha saiu bem e ficou com a bola, acabando com o perigo.

O Flamengo recuou demais e fazia muitas faltas, provocando seguidos cruzamentos na área defendida por Muralha. Porem, o time argentino não conseguia aproveitar as jogadas de bola parada. Aos 39 minutos, o arqueiro brasileiro saiu muito mal em cruzamento de Belluschi, mas nenhum atacante alcançou a bola, desperdiçando a chance.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, os argentinos pediram a marcação de pênalti, depois que Belluschi caiu na área após choque com Willian Arão, mas o árbitro nada marcou.

Aos cinco minutos, Berrio fez boa jogada pela direita, entrou na área e, quando o goleiro Navarro saiu do gol, tocou para o meio, mas Guerrero chegou atrasado. O San Lorenzo ficava muito tempo com a bola, mas abusava dos cruzamentos, que eram facilmente neutralizados pela zaga rubro-negra.

Para reforçar o sistema defensivo, Zé Ricardo trocou o atacante Berrio pelo volante Romulo. Aos 19 minutos, Márcio Araújo cometeu um erro grotesco e deixou a bola com Mussis, mas Rodinei conseguiu bloquear a conclusão do meia do San Lorenzo. O Flamengo pouco se arriscava no ataque, mas, aos 23, Everton tentou, de fora da área, e obrigou Navarro a uma defesa difícil.

Aos 29 minutos, o San Lorenzo empatou. Após cruzamento na área, Matheus Sávio afastou mal e Barrios tocou para o zagueiro Angeleri mandar para as redes, deixando tudo igual no placar.

O San Lorenzo partiu para buscar o segundo gol que lhe garantiria a classificação, enquanto o Flamengo recuou para segurar o empate. O time argentino chegou ao segundo, o tento da classificação, aos 46 minutos, com Belluschi, depois de confusão na área.

FICHA TÉCNICA
SAN LORENZO 2 X 1 FLAMENGO

Local: Estádio Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires (Argentina)
Data: 17 de maio de 2017 (Quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Enrique Cáceres (Paraguai)
Assistentes: Eduardo Cardozo e Juan Zorrilla (PAR)
Cartões Amarelos: Belluschi e Paulo Diaz (San Lorenzo); Rodinei e Alex Muralha (Flamengo)

Gols: SAN LORENZO: Angeleri, aos 29 minutos e Belluschi aos 46 minutos do segundo tempo; FLAMENGO: Rodinei, aos 14 minutos do primeiro tempo

SAN LORENZO: Navarro, Paulo Diaz (Bergessio), Angeleri, Caruzzo e Rojas;  Ortigoza, Mussis, Botta e Belluschi; Cerutti (Cristian Barrios) e Blandi
Técnico: Diego Aguirre

FLAMENGO: Alex Muralha, Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão, Gabriel (Matheus Sávio) e Everton (Juan); Berrio (Romulo) e Paolo Guerrero
Técnico: Zé Ricardo




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • Tupy30
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE
  • Tigre32