PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

13/05/2017 07h54

Mato Grosso do Sul pode ser 1º produtor de peixes do País

Correio do Estado


Sistema de criação de peixes que será implantado no rio Paraná - Foto: Divulgação

Mato Grosso do Sul pode passar da nona para a primeira posição entre os maiores produtores de peixes do Brasil dentro de um ano.

Esse salto está relacionado ao fato de a empresa Tilabras, que promete o maior investimento no setor de aquicultura do País em Selvíria, e a GeneSeas, já em operação no município de Aparecida do Taboado, terem vencido concorrência do Ministério da Agricultura (Mapa) para explorar os lagos criados pelas usinas hidrelétricas de Ilha Solteira (Selvíria) e Jupiá (Três Lagoas), no Rio Paraná.

Os envelopes com as propostas, segundo a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), foram abertos na manhã de quinta-feira. O pedido de urgência da outorga havia sido reforçado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e pelo secretário Jaime Verruck em visita a Mato Grosso do Sul em abril deste ano.

A expectativa é de que, com a tão esperada outorga, o empreendimento comece a ser instalado ainda neste ano. O projeto foi anunciado em 2015 e pretende colocar o município de Selvíria no mapa da produção nacional de tilápias – com investimento de cerca de R$ 150 milhões (US$ 51 milhões, que hoje precisariam ser atualizados) – e surgiu por meio de uma parceria entre duas empresas, a americana Reagal Sprigs e a brasileira Axial, representada pela Mar & Terra.

Em uma primeira fase, a produção de peixes será de 25 mil toneladas/ano. Porém, a meta é chegar a 100 mil toneladas. 




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • Tupy30
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE
  • Tigre32