PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

20/11/2016 19h19 - Atualizado em 21/11/2016 10h05

Indústrias vão investir R$ 1,7 bilhão em MS e gerar quase 2 mil empregos; Caarapó será contemplada

Em Caarapó serão pelo menos 143 vagas diretas no JBS



Em Caarapó a JBS vai investir na ampliação da produção integrada de frango

 Nove indústrias vão investir R$ 1,7 bilhão em Mato Grosso do Sul. Elas receberam incentivos fiscais do governo do Estado e podem gerar até 1.969 novos postos de trabalho. A decisão foi publicada no Diário Oficial da última quinta-feira (17) em cumprimento à decisão do fórum Deliberativo do MS - Indústria, de 03 de Novembro de 2016, que aprova benefícios e incentivos para o setor industrial.

Serão quatro instalações e cinco ampliações na Capital e em municípios do interior do Estado. As implantações juntas somam mais de R$ 1 bilhão em investimentos.

Em Caarapó, a JBS Aves S.A, vai investir R$ 39.100 mil, com 143 novos empregos. Além disso o município também deve se beneficiar com a instalação a nova fábrica da Coamo Agroindustrial Cooperativa, do ramo de processamento de soja, que ficará localizada entre Dourados e Caarapó, e vai investir R$ 654.777 mil, com geração de 246 empregos.

Em Ribas do Rio Pardo, a Granol Indústria e Comércio e Exportação S/A, do segmento de beneficiamento de toras de madeira, vai aplicar R$ 19 mil, com geração de 35 novos postos de trabalho. Em São Gabriel do Oeste, a Ferticel Indústria de Fertilizantes Ltda, vai injetar R$ 6.865 mil, gerando 56 vagas de emprego. E em Itaporã, a Seara Alimentos Ltda, vai instalar o frigorífico de abate de peru e fabricação de ração, com investimentos de R$ 320 mil e a geração de 1.360 novas oportunidades de trabalho.

Já as plantas de ampliações vão aplicar R$ 68,7 milhões. A Dale Sorvetes vai aumentar sua estrutura em Campo Grande, com R$ 2.390 mil e a criação de 20 novos postos de trabalho. Em Rio Brilhante, a Delta Biocombustíveis vai aplicar R$ 2.680 mil, com a geração de 24 empregos.

Em Bataguassu, o Laticínio Vale do Pardo Ltda, pretende ampliar seus negócios com R$ 18.800 mil e a geração de 26 empregos. E em Dourados, o Território do Couro, também vai aumentar sua capacidade produtiva, com investimentos de R$ 5.813 mil e 59 novas oportunidades de emprego.

 




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • Tupy30
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE
  • Tigre32