PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
01/08/2010 00h00 - Atualizado em 01/08/2010 00h00

MS bate recorde de produção de cana

DouradosAgora


 Enquanto ganha espaço entre as potências sucroalcooleiras, Mato Grosso do Sul prepara a quarta edição do evento que marcou seu amadurecimento no setor, o Canasul 2010. Nos dias 16 e 17 de agosto, palestrantes e debatedores de peso vão discutir, em Campo Grande, características e tendências da atividade que já ocupa 339 mil hectares no Estado, segundo levantamento da safra 2010/11 da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Neste ano, a operação de 22 usinas será responsável pela produção de mais de 30 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, resultado recorde fruto da expansão de 29%, de acordo com mesmo estudo. A maior parte (21 milhões de toneladas) será transformada em etanol, cada vez mais presente na vida do brasileiro e respeitado no mercado internacional.
 

O presidente da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Unica), Marcos Junk, abre o ciclo de palestras, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, no Parque dos Poderes, falando sobre os efeitos da globalização no setor sucroenergético brasileiro. Logo depois, o presidente da Associação dos Produtores de Bionergia de Mato Grosso do Sul (Biosul), Roberto Hollanda, aprofunda a visão do público sobre o mercado regional e a busca pela sustentabilidade na produção.
 

Diretor de Negócios de Biopolímeros da gigante de plásticos Braskem, Marcelo Nunes, mostra novas utilizações do etanol. Em seguida, o coordenador da Secretaria de Produção e Agroenergia do Ministério da Agricultura, Cid Jorge Caldas, discute o papel do governo federal no desenvolvimento do setor sucroalcooleiro. Werner Semmelroth, da indústria; Ismael Pereira Junior, da Organização de Plantadores de Cana da Região Centro-Sul (Orplana) e Carlos Silvestrin, da Associação da Indústria de Cogeração de Energia (Cogen), fecham a lista de palestrantes do evento.
 

O Canasul 2010 é realizado pela Comissão Técnica de Bionergia da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), com promoção do governo do Estado, por meio da Secretaria de Produção e Turismo (Seprotur); Associação dos Produtores de Bionergia de Mato Grosso do Sul (Biosul) e Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems). Sebrae, Banco do Brasil e Ministério da Agricultura patrocinam o evento, que tem apoio da Aeams, Crea-MS, OCB-MS e Mútua.
 

Inscrições para o Canasul 2010 podem ser feitas até 10 de agosto pelo site www.opec-eventos.com.br/canasul  .





PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE